quarta-feira, 2 de maio de 2018

Avaliação física em Enfermagem

Os critérios de avaliação em enfermagem são de crucial importância se quisermos avaliar o efeito da prática da enfermagem na evolução do paciente. A descoberta de critérios de avaliação podem ajudar-nos a elucidar o papel da enfermeira e nos levar à identificação de um corpo de conhecimentos científicos exclusivo da enfermagem.
Os critérios, em enfermagem, podem ser classificados em fisiológicos, psicológicos e sociológicos. Devem satisfazer as especificações de validade, discriminação, adequação e confiança. Podem nos ajudar a medir o progresso do paciente.
Vale ressaltar que, para realizar o exame físico é necessário conhecimento prévio de anatomia, fisiologia, fisiopatologia, passos propedêuticos, bom relacionamento interpessoal entre enfermeiro-paciente e outras ciências.
Características essenciais do examinador:
  • Autoconfiança, paciência, consideração e delicadeza, explicando todos os procedimentos;
  • Conhecimento e competência para interpretar o achado no exame físico;
  • Preocupação com a privacidade do paciente.
O exame físico geral é a primeira etapa do exame clínico e além de complementar a anamnese (entrevista), fornece uma visão global do paciente, não segmentada. O exame físico geral precede o exame físico direcionado na evolução de enfermagem.
No exame físico geral são avaliados os seguintes itens:
  1. Estado geral
  2. Estado mental e nível de consciência
  3. Pele, mucosas e anexos
  4. Avaliação do sono e repouso
  5. Avaliação do estado nutricional
  6. Avaliação da condição de mobilidade
  7. Avaliação das variações dos parâmetros vitais
A equipe de enfermagem, de forma geral, é quem tem a responsabilidade de conduzir essa avaliação inicial e é o que de fato tem se estabelecido nos hospitais acreditados. Aos médicos, cabe a avaliação clínica e física, que também tem fundamental importância nesse processo de avaliação.

Popular

Contato

Contato

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Newsletter