segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Saiba mais sobre a Botânica na Biologia



A palavra Botânica vem do grego botané, que significa "planta". É o estudo científico da vida das plantas e algas.

Como um campo da biologia, é também muitas vezes referenciado como a Ciência das Plantas ou Biologia Vegetal. A Botânica abrange disciplinas científicas que estudam crescimento, reprodução, metabolismo, desenvolvimento, doenças e evolução da vida das plantas.

A Botânica é a área da biologia que estuda o Reino Plantae, onde estão incluídos todos os vegetais. Nesse grupo encontramos seres exclusivamente autotróficos, eucariontes e multicelulares, ou seja, seres que produzem seu próprio alimento, apresentam células com núcleo delimitado pela carioteca e possuem mais de uma célula.

O Reino Plantae é extremamente variado, com espécies simples que não apresentam folhas, caule e raízes verdadeiras até espécies com frutos carnosos e flores deslumbrantes. Didaticamente, as plantas são divididas em quatro grupos principais, tomando como base características como a presença ou ausência de vasos condutores, sementes, flores e frutos. Esses grupos são as briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas.

As briófitas denominam o grupo de plantas mais simples. Elas são pequenas, avasculares e não possuem caule, folhas, nem raízes. Gostam de viver preferencialmente em locais úmidos e necessitam de água para reprodução. Como principais representantes desse grupo, podemos citar os musgos e hepáticas.

As pteridófitas, diferentemente das briófitas, são plantas que possuem vasos condutores de seiva, bem como folhas, caule e raiz. Essas plantas também estabelecem forte dependência com a água no que diz respeito à reprodução. Como representantes, podemos citar as samambaias e avencas.

As gimnospermas são plantas mais complexas, quando comparadas às briófitas e pteridófitas, e surgiram com uma importante novidade evolutiva: as sementes. Estas são extremamente importantes porque garantem a proteção do embrião e fornecem-lhe alimento. Nesse grupo de plantas, a característica mais marcante é a semente nua, ou seja, a semente sem estar envolvida por um fruto. Como exemplo de gimnospermas, podemos citar os pinheiros e araucárias.

Por fim, temos o grupo mais diversificado e dominante de plantas: as angiospermas. Essas plantas apresentam flores e frutos que atuam, respectivamente, atraindo polinizadores e dispersores. Sem dúvidas, essa característica favoreceu a grande quantidade de espécies desse grupo. Como exemplo, podemos citar as roseiras, os coqueiros e os cactos.

Além de estudar mais profundamente esses quatro grupos de planta, daremos ênfase também à ecologia, à anatomia e a fisiologia vegetal.

Estude mais sobre esse assunto em Cursos online:

Curso Online de Botânica Geral

Curso Online de Angiospermas

Curso Online de Fisiologia Animal

Curso Online de Morfologia Vegetal

Popular

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Contato

Contato

Newsletter