quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Saiba mais sobre a Terapia com Equinos



O termo "Equoterapia" foi criado pela ANDE-Brasil (Associação Nacional de Equoterapia, fundada em 1989) e caracteriza todas as práticas que envolvem o cavalo para a terapia

Trata-se de um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar, nas áreas da saúde, educação e equitação, visando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência e/ou com necessidades especiais.

"Praticante de Equoterapia" é o termo utilizado para se referir à pessoa quando em atividades equoterápicas. Este atua ativamente no processo terapêutico e em sua reabilitação, na medida em que interage com o cavalo.

As sessões de Equoterapia podem ser realizadas em grupo, mas todo o planejamento e acompanhamento devem ser individualizados.

É importante lembrar que a Equoterapia não exclui outras formas de terapia, ou seja, não é exclusiva, nem excludente. É complementar.

Indicações da Equoterapia:

É indicada para casos em que se objetiva a busca por benefícios biopsicossociais às pessoas com deficiências físicas e/ou com necessidades especiais, tais como:

  • Lesões neuromotoras de origem encefálica ou medular;
  • Patologias ortopédicas congênitas ou adquiridas por acidentes diversos;
  • Disfunções sensório-motoras;
  • Distúrbios (evolutivos, comportamentais, de aprendizagem, emocionais).

Você pode saber mais sobre essa Terapia com Equinos no Curso Online de Terapia com Equinos. Clique aqui para saber mais

A equoterapia apresenta resultados positivos em relação ao autocuidado, tais como as práticas alimentares e as de higiene pessoal, estimuladas pelos terapeutas ocupacionais e, claro, pelos cavalos, pois os pacientes alimentam, escovam e participam do banho desses animais.


Popular

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Contato

Contato

Newsletter