quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Saiba mais sobre as Análises Físico-Químicas de Alimentos



A rotulagem de alimentos embalados é obrigatória, o que demanda diversas análises físico-químicas. A fim de garantir a qualidade dos alimentos, é fundamental a avaliação de diversos índices físico-químicos em matérias-primas, produtos intermediários e no alimento pronto. Alimentos só podem ser comercializados quando atendem a padrões de identidade e qualidade estabelecidos por órgãos nacionais e internacionais. Atualmente, mais de 200 produtos possuem tais requisitos. Para certificar esses padrões já estabelecidos e universalmente aceitos, é necessária a condução de análises físico-químicas.

Analisar alimentos que serão comercializados é uma parte obrigatória no controle sanitário e de qualidade, para verificar a presença de elementos que possam apresentar riscos à saúde humana ou animal.

As análises físico químicas de alimentos também servem para delimitar as informações nutricionais, dados que obrigatoriamente devem constar nos rótulos dos produtos alimentícios.

Realizadas em produtos de origem animal, vegetal ou industrializados, as análises físico químicas de alimentos   dão maior tranquilidade para a comercialização de produtos.

As análises físico químicas de alimentos envolvem:
  • Análise da composição química, como teores de proteínas, carboidratos, fibras, lipídios e sódio;
  • Análise física, verificação de texturas, viscosidades e ingredientes;
  • Determinação de valores energéticos, vitaminas e minerais;
  • Análise da umidade;
  • Verificação da contaminação por metais, resíduos de agrotóxicos e microtoxinas.

Saiba mais sobre esse assunto no Curso Online de Análises Físico-Químicas de Alimentos.

Oferecer as informações corretas não é somente seguir a lei, mas também entregar o melhor produto para o consumidor.

Popular

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Contato

Contato

Newsletter