segunda-feira, 7 de agosto de 2017

O que acontece quando a psicomotricidade não é desenvolvida de maneira eficaz?


A psicomotricidade
é conceituada como uma ação de finalidade pedagógica e psicológica a utilizar os parâmetros da educação física com a intenção de melhorar o comportamento da criança com seu corpo. Há quem defina a psicomotricidade como uma ciência que estuda o indivíduo por meio de seu movimento e a interação social.

É inegável que a falta de um acompanhamento da psicomotricidade acarreta consequências danosas ao desenvolvimento da criança. Um dos casos que podem ser notados é a lateralidade pouco trabalhada no aluno. Isso pode causar problemas de ordem espacial, por exemplo.
A utilização dos termos direita e esquerda fica prejudicada. O pequeno apresenta certa dificuldade para acompanhar a direção gráfica de leitura e escrita. Outro problema é o fato de a criança encontrar obstáculos quanto ao entendimento na distinção de letras específicas como 'p' e 'b', entre vários transtornos que podem aparecer no período pré-escolar.
Muitas pessoas pensam equivocadamente que a psicomotricidade esteja relacionada somente ao movimento, mas não é isso. Um estudo definiu muito bem qual o valor de todo esse processo, no qual diz que "a motricidade é a faculdade de realizar movimentos e a psicomotricidade é a educação de movimentos que procura melhor utilização das capacidades psíquicas". Ou seja, o ato de movimentar-se está diretamente ligado ao aspecto mental.
A educação infantil precisa estimular o desenvolvimento psicomotor da criança. Faça o curso de Psicomotricidade na Educação Infantil do Portal Educação e saiba como estimular a prática de movimentos corporais por meio de atividades, jogos e brincadeiras.

Popular

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Contato

Contato

Newsletter