quinta-feira, 29 de junho de 2017

Atividades Aquáticas para Grupos Especiais



É inegável não percebermos a devida importância das atividades aquáticas mesmo para determinados grupos especiais, tais como gestantes, bebês, portadores de necessidades especiais, terceira idade, asmáticos e pessoas que necessitam de reabilitação postural, os quais tendem a sofrer positivamente com os inúmeros benefícios que a prática física em meio líquido pode proporcionar.

Recomendada pela maioria dos médicos obstetras e outros especialistas, a natação e a hidroginástica trazem, comprovadamente, inúmeros benefícios à gestante, tais como o favorecimento da boa evolução da gravidez, ativação da circulação sanguínea, melhoria da oxigenação, melhor equilíbrio nervoso, boa disposição da mãe e da criança, sem fadiga, entre outros.

Uma das áreas da natação que mais se desenvolveu nos últimos anos foi as atividades aquáticas para bebês. São inúmeras as vantagens que a natação pode oferecer nesta etapa: melhora o desenvolvimento neuromotor, fortifica a musculatura, estimula um sono mais tranqüilo, reforça o apetite, ativa e dá mais mobilidade às articulações, proporciona sociabilização, entre outros.

A vida é uma dádiva preciosa que deve, ao máximo, ser preservada. Por isso, a prática de atividades físicas pela terceira idade deve ser incidente, haja vista o descenso das forças orgânicas, sensoriais e motoras nesta etapa da vida. E, no caso particular das atividades aquáticas, as mesmas oferecem a possibilidade de praticar uma atividade física mais segura, sem causar maiores riscos ou lesões às articulações e, ao mesmo tempo, capaz de proporcionar bem-estar físico e mental.

A asma é um processo inflamatório da mucosa brônquica, o que leva a um estreitamento das vias respiratórias. A prática de atividades aquáticas têm muito a contribuir para os asmáticos, no sentido de haver expansão e melhoria da função pulmonar, possibilita um melhor ritmo respiratório, controlar e espaças as crises asmáticas, desenvolvimento da musculatura respiratória, grande realização emocional ao executar tarefas desafiadoras, entre outros.

A natação e a hidroginástica, além dos benefícios proporcionados enquanto atividades físicas, tornam-se um dos meios mais eficazes para prevenção e correção de problemas posturais, principalmente os desvios da coluna vertebral. O trabalho simétrico proporcionado pela movimentação alternada de membros e sua tração sobre a musculatura paravertebral têm extraordinária eficácia na redução desses desvios, especialmente no que tange à estrutura dos pés, região lombo-pélvica e região dorsal superior e cervical.

No caso dos portadores de necessidades especiais, basta atentar-se para o enorme sucesso da natação paraolímpica que fica mais fácil a compreensão de como as atividades aquáticas podem ser extremamente relevantes para o enredo físico e psicológico de tais indivíduos "especiais". A utilização terapêutica da água consiste na arte de combinar as muitas variáveis p/ produzir um resultado significativo, possibilitando aos indivíduos o prazer da vivência aquática. E os profissionais de Educação Física e Fisioterapia conscientes de seus papéis enquanto educadores, devem sempre acentuar e enaltecer as capacidades e virtudes e, não lamentar as eventuais deficiências e carências do indivíduo.

A atividade aquática é uma das mais completas pois se trabalha todos os grupos musculares e também a respiração.  Veja esse grupo de Aulas  de Atividades Aquáticas: hidrojump, hidroginástica, hidroginástica em gestantes e hidroterapia para joelhos. Clique aqui!

Popular

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Contato

Contato

Newsletter