sexta-feira, 5 de maio de 2017

Desvio Fonético x Desvio Fonológico



A Fonética se preocupa com o estudo de qualquer som de uma língua, isto é, se ocupa das variantes de um mesmo som. A fonologia já se interessa pelo som, (fonema, unidade mínima de som com sentido, a sua importância é definir as diferenças entre os significados), com função comunicativa em uma língua, que é a verificação dos aspectos sonorosque se utilizam para transmitir uma mensagem.

Saiba mais detalhes sobre esses dois problemas:

Desvio Fonético

É uma alteração miofuncional oral, ou seja, um comprometimento motor que possui uma causa orgânica. Por exemplo: a perda de um dente pode fazer com que os sons de alguns fonemas se alterem durante sua produção; a presença de freio lingual curto, mais conhecido como "língua presa", impede a movimentação adequada da língua para a produção de certos fonemas; a mal oclusão dentária; além disso, a própria incoordenação dos movimentos dos músculos da face pode ocasionar dificuldades na fala.

Desvio Fonológico

É uma desorganização no sistema de sons da criança, não tendo nenhuma relação com comprometimentos orgânicos que afetem a produção da fala. Crianças com desvio fonológico apresentam alterações no seu desenvolvimento fonológico sem causa aparente.
Caracteriza-se pela fala espontânea quase ininteligível, com linguagem bem desenvolvida e ausência de anormalidades anatômicas ou fisiológicas nos mecanismos de produção da fala.

Desvio Fonético-Fonológico

Ocorre quando existe a presença de alteração motora e falta de compreensão dos fonemas durante a fala.

Para poder trabalhar esses dois desvios, indico o CURSO ONLINE DE FONÉTICA E FONOLOGIA

Com este curso, o profissional se moderniza no conhecimento que envolve todo o mecanismo de produção de som, conhece as diferenças entre fonética e fonologia e ainda compreende o funcionamento dos aparelhos usados para as atividades.

Popular

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Contato

Contato

Newsletter