segunda-feira, 6 de junho de 2016

Vacinas para o filhote de cachorro

 Esquema-Vacinacao-Caes-Gatos

A definição das vacinas que o seu cão deve tomar, assim como o intervalo entre as doses deve ser definida por um médico veterinário, que deve avaliar cautelosamente o estilo de vida do animal, habitat, particularidades da raça e histórico familiar. Porém, obrigatoriamente, em qualquer esquema de vacinação para cães deve constar a aplicação da vacina múltipla (V8 ou V10) e anti-rábica.

As vacinas múltiplas (V8 ou V10) protegem os cães contra 7 doenças, destacando-se a Cinomose, Parvovirose, Hepatite e Leptospirose, esta última é velha conhecida da sociedade e também afeta com gravidade os humanos. A vacina anti-rábica imuniza o animal contra a Raiva, uma importante zoonose (doença transmitida para humanos através de animais) que afeta o sistema neurológico e não tem tratamento.

Os cães adultos que nunca foram vacinados ou os filhotes a partir de 42 dias de idade, devem receber 3 doses da vacina múltipla espaçadas de 21 dias cada e uma dose de vacina anti-rábica após 120 dias de idade. Esse mesmo procedimento vale para cachorros sem histórico conhecido.

Além dessas vacinas, também é possível imunizar o cachorro contra a Traqueobronquite (tosse dos canis), Giárdia e Leishmaniose (Calazar), zoonose de alta gravidade. A vacina contra a leishmaniose costuma ser aplicada em regiões onde a doença é comum, e a aplicação deve ser antecedida de exames para detectar se o cão já está infectado.

Popular

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Contato

Contato

Newsletter