segunda-feira, 9 de maio de 2016

A Nutrição Esportiva e os seus princípios de atuação

http://alimentossaudaveis.net/wp-content/uploads/2014/01/5-principios-da-nutricao-esportiva-1.jpg

Basicamente, a nutrição esportiva é a parte da nutrição voltada para a prática de esportes. Essa definição pode até simples mas a forma como a nutrição age ajudando pessoas na prática da atividade física tem alguns princípios que não podem ser ignorados. O principal deles é que enquanto a nutrição clinica leva em consideração as necessidades naturais do corpo, a nutrição esportiva leva em conta o que o corpo precisa para funcionar bem durante e após a prática dos esportes.  Vamos ver alguns aspectos que devem ser levados em consideração na Nutrição Desportiva:

Fornecimento de energia

Uma prática de atividade física, especialmente se for de alta intensidade, exige muito mais do corpo do que um estado sedentário. Se o corpo não tiver de onde tirar essa energia, os resultados podem ser catastróficos e levar, por exemplo, a desmaios ou mesmo falta de oxigenação.

É só pensar, por exemplo, em um carro. Sem o combustível adequado, o veículo não pé capaz de ligar. Na falta da quantidade necessária, ele não funciona direito. Por isso, um dos princípios da nutrição esportiva é fornecer a energia necessária para a atividade antes que ela comece – na chamada alimentação pré-treino.

Reposição de nutrientes

Durante e após a prática, por sua vez, a nutrição esportiva coloca em prática outro princípio: o da reposição de nutrientes perdidos ao longo da prática.

Esse princípio é importante porque quanto maior for a intensidade do esporte, maiores são as trocas entre os músculos e as células do sangue, maior é a sudorese e, portanto, maior é a eliminação de substâncias necessárias para o funcionamento do organismo.

Ingerir líquidos e bebidas repositórias durante o treino, por exemplo, faz com que o corpo recupere parte desses nutrientes. Após a prática, a alimentação pós-treino é responsável por fornecer o resto dos nutrientes necessários.

Recuperação do organismo

Especialmente falando sobre pós-treino, a nutrição esportiva também tem o princípio de favorecer a recuperação do organismo. Como a prática de determinados esportes pode causar fadiga muscular, é preciso que esses músculos tenham os componentes ideais para que possam se recompor – no geral, esses componentes são a proteína e a água.

Com isso, as microlesões impressas nos músculos são recuperadas mais facilmente, permitindo que o corpo treine com maior frequência.

Aumento de resistência

A recuperação do organismo, inclusive, leva a outro princípio importante dessa nutrição: o aumento de resistência. Como a fadiga muscular é diminuída e como o corpo tem mais energia para consumir durante o treino, o resultado é que a resistência durante o treino também aumenta.

É por isso que quem segue um cardápio baseado nesse tipo de nutrição consegue levantar mais peso ou correr por mais tempo, por exemplo: o corpo está preparado e continuamente se recuperando e se fortalecendo.

Melhora no desempenho

Se essa nutrição tivesse que ser definida por um princípio global esse princípio seria a melhora no desempenho. De um modo geral, todas as indicações dessa nutrição têm como objetivo principal gerar uma melhora no desempenho do atleta ou praticante da atividade.

Tudo começa com o fornecimento do combustível e com a manutenção desse combustível durante o treino. Após, a nutrição atua de maneira reparadora e fortalecedora para garantir desempenhos cada vez melhores.

Os princípios da nutrição esportiva incluem o fornecimento de energia, reposição de nutrientes, recuperação do organismo e aumento de resistência. Juntos, todos esses princípios levam à melhora no desempenho, fazendo com que atletas que seguem seus princípios consigam ir mais longe e cheguem mais fortes.

Popular

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Contato

Contato

Newsletter