Consumo: brasileiros já usam Facebook para comprar


Os brasileiros parecem cada vez mais dispostos a descobrir novos canais de consumo. Dados da pesquisa sobre segurança e privacidade na internet e redes sociais, realizada pela Hi-Midia, mostram que 48% dos usuários do Facebook no Brasil já ouviram falar ou experimentaram comprar produtos diretamente pela rede social.

No entanto, ainda falta confiança para que as transações sejam finalizadas. Entre os consumidores que conhecem o f-commerce, 46% dizem confiar na segurança para fazer transações comerciais pela rede social, mas 54% ainda não confiam no serviço. 

"A exemplo do que ocorreu com o e-commerce, o F-commerce terá ainda que vencer a percepção de falta de segurança. Porém, já apresenta grande potencial de crescimento entre os brasileiros que, aos poucos, estão conhecendo as vantagens e facilidades dessa nova modalidade de venda", afirma Bruno Maletta, sócio da M. Sense. 

Cuidados

De acordo com o Procon, sempre que o consumidor decidir por fazer uma compra pela internet, precisa tomar os seguinte cuidados: 

• Buscar informações sobre o site, verificando se há reclamações no cadastro do Procon de seu Estado ou Município, e, ainda, coletando referências com amigos ou família;

• Verificar qual o endereço físico do fornecedor e se existe algum telefone ou e-mail para esclarecimento de eventuais dúvidas.

• Verificar os procedimentos para reclamação, devolução do produto, prazo para entrega, etc;

• Verificar as medidas que o site adota para garantir a privacidade e segurança dos usuários;

• Não fornecer informações pessoais desnecessárias para realização da compra;

• Guardar todos os dados da compra, como nome do site, itens adquiridos, valor pago e forma de pagamento, numero de protocolo da compra ou do pedido, etc;

• Guardar em meio eletrônico ou mesmo impresso a confirmação do pedido, e-mails trocados com o fornecedor que comprove a compra e suas condições;

• Verificar se há despesas com fretes e taxas adicionais, bem como o prazo de entrega da mercadoria ou execução do serviço;

• Identificar o endereço físico da empresa e seus dados cadastrais, como CNPJ – Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica. O consumidor pode checar os dados cadastrais da empresa acessando www.registro.br;

• Exigir Nota Fiscal;

• Imprimir o contrato firmado ou arquivar em meio digital seguro que permita uma futura impressão.

Acesse a loja do Quero Conteudo no Facebook